A definição do valor a ser cobrado pelos produtos e serviços em uma empresa é uma técnica mais complexa do que pode parecer. Essa tarefa envolve a análise de diversos fatores que contribuem para a formação do preço de venda. Afinal, o objetivo de todo empreendimento é aumentar as vendas, se destacar no mercado e se manter competitivo perante a concorrência.

Entretanto, muitos gestores têm dúvidas sobre qual é o valor apropriado para os produtos e serviços. Pensando nisso, vamos apresentar como funciona a formação do preço de venda e quais são os principais métodos para se chegar a esse valor. Acompanhe a leitura!

O que é preço de venda?

O preço de venda consiste no valor que uma empresa cobra dos seus clientes sobre determinado produto ou serviço. Essa quantia deve incluir todas as despesas de produção e também conter um percentual de lucro, ou seja, o retorno financeiro que será responsável pelo desenvolvimento do negócio

A cobrança do valor adequado e condizente com o mercado é a melhor maneira de ganhar competitividade e permanecer em crescimento.

O que é a formação de preço de venda?

A formação de preço de venda é um dos requisitos para a gestão financeira de uma empresa. 

Trata-se de uma forma de verificar os custos de produção e o índice de lucro que vai incidir sobre o valor e não deve ser determinada levando em consideração suposições. Tudo deve ser estipulado de forma embasada em critérios justos, a fim de gerar vantagens para o negócio e também para os clientes.

Para isso, se torna fundamental utilizar os métodos existentes, conforme a necessidade do negócio, para se chegar ao valor adequado. Isso, porque um preço muito abaixo daquele que é praticado no mercado pode trazer prejuízos da mesma forma que um valor muito alto, que afastaria potenciais consumidores.

O cálculo da formação de preço precisa levar em consideração o investimento que é realizado para a criação da mercadoria e os esforços que são empregados para colocar esse produto ou serviço no mercado. Confira alguns elementos que devem ser analisados: custos da produção, remuneração dos funcionários, despesas fixas e variáveis e o lucro esperado.

Quais são os métodos consagrados para formar o melhor preço?

Você vai conhecer, a seguir, como calcular a formação do preço de venda de um produto ou serviço, conforme cada necessidade ou preferência.

1. Margem de contribuição

A margem de contribuição é uma das táticas mais tradicionais e também a mais recomendada para efetuar a formação de preço. Essa estratégia é responsável por estipular o valor de “sobra” do custo de venda, após serem feitos os descontos relativos aos custos e demais despesas variáveis.

Esse método é flexível e se adapta à realidade do empreendimento. Além disso, ele ajuda a determinar o valor que a empresa pretende ganhar por mercadoria vendida. Isso significa que é possível conhecer a quantia que a empresa está ganhando a cada venda finalizada e saber qual é o montante de lucro — se a margem é grande ou pequena.

O cálculo desse método apresenta a seguinte fórmula:

Margem de contribuição = valor de venda – custos e despesas variáveis

Assim, se as despesas (fixas e variáveis) equivalem a R$ 70, e a empresa busca uma margem de contribuição de R$ 30 por venda, o número final será o seguinte:

30 = Valor de venda – 70

Valor de venda = R$ 100,00

2. Markup

O markup consiste em um índice que é aplicado em cima do custo de um produto ou serviço, de forma que se torne possível calcular o preço de venda sem maiores erros. Nesse sentido, o markup determina que o preço da venda precisa ser igual à soma de todas as despesas mais o lucro esperado.

É uma maneira de precificação que leva em consideração o custo do item incluindo impostos e taxas, despesas administrativas e a porcentagem de lucro que se deseja. Desse modo, se torna viável assegurar que o valor estipulado de um item vai cobrir os gastos efetuados e, ainda assim, trazer lucro.

Markup: custos + despesas + impostos + lucro = preço de venda

3. Fórmula baseada no lucro

Esse método busca chegar ao preço de venda levando em consideração o lucro desejado e os custos. Nesse caso, deve ser somado um valor ao custo do item para se encontrar um valor mínimo para o resultado.

A fórmula é a seguinte:

100% preço de venda = custo inicial + porcentagem de despesas fixas + porcentagem do lucro desejado

Trata-se de um estilo de abordagem diferente do método markup. Entretanto, ambos levam ao mesmo resultado. Nessa situação, não há a possibilidade de determinar uma margem de lucro muito grande, fato que pode trazer alguns prejuízos ou comprometer os resultados desejados pelos empresários.

4. Pesquisa de preço

A pesquisa de preços consiste no levantamento dos preços que são determinados pela concorrência para a venda direta. Trata-se de um sistema de precificação utilizado quando a empresa deseja se destacar no mercado buscando o preço do produto como o seu grande referencial.

Nesse sentido, é importante acompanhar os valores praticados pelos concorrentes. Desse modo, o levantamento dos preços é realizado em diferentes momentos. O objetivo é reunir a maior quantidade possível de dados, de forma a tornar a análise mais exata. Depois, deve-se analisar a média dos valores cobrados e saber quais são os mais altos e mais baixos.

A quais pontos é preciso ficar atento?

É importante prestar atenção a alguns elementos para conseguir precificar um produto corretamente:

  • alta da inflação;
  • concorrência;
  • novas necessidades do empreendimento;
  • novos hábitos do consumidor.

A formação do preço de venda é um método muito importante para gerar lucros e alavancar os resultados de um empreendimento. De qualquer forma, é importante lembrar que, apesar de as despesas com a produção apresentarem uma grande quantidade, o valor final que é determinado para a venda não pode ser um preço abusivo e alto demais. O preço deve ser justo para os clientes, de forma que consiga cobrir os gastos e ser adequado à realidade do público-alvo.

Entendeu como funciona a formação do preço de venda? Siga a NextPage no Facebook e confira publicações exclusivas com conteúdo relevante em sua linha do tempo!